Neste evento, que decorreu entre 11 e 14 de julho, foram analisados e debatidos os seguintes temas:

  • Potencialidades e dificuldades da formulação de problemas filosóficos a partir de recursos didáticos como vídeos, textos, filmes e encenações;
  • Relevância de estratégias pedagógicas capazes de situar o aluno na perspectiva da alteridade;
  • Pertinência da valorização da disponibilidade da natureza humana para a interrogação, desde a segunda infância, no quadro do pensamento livre, enquanto propedêutica para o exercício do filosofar;
  • Pertinência do ensaio filosófico como estratégia de desenvolvimento de competências filosóficas fundamentais: problematização, análise, explicação argumentação;
  • Virtualidades e dificuldades da avaliação da oralidade formal e da informal;
  • Relevância da intersubjetividade como processo de desenvolvimento da objectividade avaliativa.

Mais uma vez, a partilha aberta e a investigação colaborativa de experiências e de reflexões pedagógico-didáticas inerentes ao ensino da Filosofia foram levadas a cabo por todos os professores participantes.

ESCOLA INTERCULTURAL

visita virtual à ESA

Equivalência à freq.

Login

Scroll to top