Dia Nacional da Cultura Científica

 

No dia 24 de novembro, comemorou-se o Dia Nacional da Cultura Científica, ao qual o Clube de Ciência Viva da ESA se associou, promovendo vários eventos.

No pavilhão A, esteve patente uma exposição sobre cientistas portugueses, da atualidade, reconhecidos e premiados internacionalmente, uma exposição temática sobre ”Ciência” e poemas de António Gedeão.

Ainda no pavilhão A, os alunos realizaram várias atividades experimentais no âmbito das disciplinas de Matemática, Biologia, Física e Química.

No auditório, tivemos a oportunidade de assistir a três palestras. A primeira, apresentada pela professora Ana Paula Fernandes, cujo tema foi “Caracterização de proteínas multihérmicas de G. sulfurreducens”, onde aprendemos que é uma proteína de estrutura linear, constituída por quatro domínios (A a D) e que atua transferindo eletrões entre proteínas.

A segunda palestra, com o nome de “Cultura Científica – a vacina que não sabes que precisas”, apresentada pelo professor Rui Laureano, que referiu: o que é a cultura científica, qual a sua importância, o que é a homeopatia e como é feito um produto homeopático.

Por fim, a terceira palestra, apresentada pelo professor Paulo Abreu, “Lítio - Herói ou Vilão?”, onde foram abordados os temas: o elemento lítio, importância industrial, onde e quanto aparece, extração e purificação comercial, reciclagem e o futuro.

No final de cada palestra, houve ainda oportunidade para uma sessão de perguntas e respostas.

No final da terceira e última palestra, a aluna Luísa Fontes, do 11°A, declamou o poema “Lágrima de Preta” de António Gedeão.

O apresentador das palestras foi o aluno Pedro Firmino, também do 11ºA.

Todas as palestras foram precedidas por um momento musical, interpretado pelos alunos Lucas Madeira e Patrícia Laranjeiro do 11°A, intitulado “Pedra Filosofal”, poema de António Gedeão e musicado por Manuel Freire.

Na sala do Clube Ciência Viva, o professor Edgar Nunes dinamizou uma atividade com os seus alunos denominada “A biodiversidade aos nossos pés”.

Pelas dezanove horas, o professor Rui Laureano dinamizou a atividade “Observar as estrelas”, à qual assistiram alguns professores, alunos e encarregados de educação.

Aqui ficam algumas fotografias dos eventos deste dia.

Texto escrito por Luísa Fontes do 11ºA

 

ESA no IPS

 

Os alunos do 10ºA visitaram o Instituto Politécnico de Setúbal com o objetivo de explorar algumas de muitas carreiras que poderão seguir no futuro.

 

 

No passado dia 21 de novembro, a Escola Superior de Tecnologia do IPS acolheu os alunos da turma 10ºA para divulgação de alguns dos cursos que poderão seguir na ESTS, como Mecânica, Biomédica e algumas engenharias de computação.

No laboratório de Biomédica, foi demonstrado como eram realizados alguns testes de calibre de próteses biónicas com recurso a máquinas de ensaio de fadiga ou de ensaio de tração. O material utilizado na prótese é testado, sendo esticado até ao ponto de rutura ou sujeito a pressão e descompressão até à sua deformação. Também foi observada a impressão de uma prótese e o funcionamento de outra, tal como alguns produtos construídos com a ajuda da nanotecnologia.

No laboratório de Mecânica, os alunos começaram por perceber como trabalha toda a base de um sistema informático e o funcionamento de sistemas de programação, sendo o sistema de programação mais moderno, mecânico sem necessidade de eletricidade, o que acaba por ser mais prático. Também distinguiram as máquinas robóticas mais recentes das mais antigas, observando as mudanças que ocorreram ao longo do tempo, como a mudança de tamanho e velocidade de arranque, etc. A apresentação terminou de forma mais prática tendo sido possível manusear um robô.

A turma teve contacto com o programa BrightStart, implementado na escola pela empresa Deloitte. Neste programa, após os anos de ensino superior, num horário que simula um horário laboral normal (09:00h às 18:00h), será possível trabalhar na empresa impulsionadora do projeto, tendo um acesso direto ao mercado de trabalho.

O fim da visita foi na oficina Lu Ban, oficina instalada com a colaboração da Escola Vocacional de Mecânica e Eletricidade de Tianjin, China, e focada na robótica industrial. Aqui, a turma observou modelos, criados por alunos da escola, que representam ações em cadeias, como o posicionamento de produtos em embalagens e seu posterior transporte, e também organização, neste caso, por cores, do que seriam representações de produtos.

O dia aberto, proporcionado pelo IPS, foi importante para dar aos alunos uma nova visão mais ampla de estudos que serão necessários para trabalhos no futuro. Com a tecnologia a evoluir cada vez mais, muitos dos trabalhos relacionados com programação, robótica, mecânica e engenharias desse meio, irão ser aqueles que serão preponderantes no mercado de trabalho. Esta visita ajudou muitos daqueles que ainda não sabem o que fazer após o ensino secundário ou confirmou, aos alunos que já querem ir para estas áreas, que é aquele o curso que deverão escolher para prosseguir os estudos no ensino superior.

Texto escrito por Leonor Lourenço

 

Dia Nacional da Língua Gestual Portuguesa

 

O Dia Nacional da Língua Gestual Portuguesa (LGP), que se celebra a 15 de novembro, é uma data de extrema relevância para a nossa escola, que se destaca como uma Escola de Referência para a Educação Bilingue. Este dia não celebra apenas a diversidade linguística, mas reforça o compromisso da nossa escola em proporcionar um ambiente inclusivo e acessível para todos os alunos, independentemente das suas necessidades linguísticas.

O Dia Nacional da Língua Gestual Portuguesa é uma oportunidade única para destacar a importância da LGP como meio de comunicação para a nossa comunidade surda. É uma celebração que visa sensibilizar os alunos para a riqueza da linguagem gestual e promover a aceitação e compreensão das diferentes formas de comunicação.

Além disso, convidamos e incentivamos todos os alunos a participarem ativamente no Clube de Língua Gestual Portuguesa da escola. Este clube não só proporciona um espaço para aprender e praticar a LGP mas, também, promove a amizade, a empatia e a inclusão. Participar no Clube de Língua Gestual Portuguesa é uma oportunidade única para os alunos ampliarem as suas competências linguísticas, construírem relações significativas e contribuírem para a criação de um ambiente escolar mais inclusivo.

Ao participar no clube, os alunos têm a oportunidade de adquirir uma nova competência, assim como, desempenhar um papel ativo na construção de uma escola mais inclusiva para todos. A língua gestual não é apenas uma ferramenta de comunicação mas, um veículo poderoso para a expressão, a compreensão e a conexão entre as pessoas.

Assim, apelamos a todos os alunos a celebrarem o Dia Nacional da Língua Gestual Portuguesa connosco e a considerarem a participação no Clube de Língua Gestual Portuguesa da escola como uma oportunidade única para fazer a diferença, promovendo a inclusão e contribuindo para um ambiente escolar onde todos se sintam valorizados e compreendidos.

 

A 40ª edição do festival de teatro do Seixal no Auditório da ESA

Na última sexta-feira, dia 10 de novembro, a companhia de teatro Estúdio Fontenova apresentou a sua performance na ESA.

O espetáculo, "Noves Fora, Grades Dentro", integrado no Festival de Teatro do Seixal, abordou o tema das prisões, a partir da leitura de cartas de mulheres presas, mas alargou a reflexão a prisões mentais e comportamentais e, com um acutilante paralelo ao mundo em que vivemos, a prisões criadas em conflitos e momentos de guerra, como aconteceu em locais como Sarajevo, Srebrenica e Beirute.
"A edição de 2023 sublinha o papel da arte dramática na construção da democracia, enquanto espaço de reflexão sobre a nossa identidade íntima e coletiva.", nas palavras do senhor presidente da Câmara Municipal do Seixal, que nos honrou com a sua presença, acompanhando as turmas 8B, 9D e 10A que assistiram à performance, acompanhados pelos seus professores. Os jovens estudantes da ESA tiveram um comportamento exemplar e colocaram várias e interessantes questões aos atores, no período final de debate.

O espetáculo foi também apresentado às 21h30 para os alunos do ensino noturno, tendo sido recolhidas apreciações e impressões muito positivas. Para além do inesperado tema, vingou o facto de a maior parte dos alunos ter sentido de forma muito pessoal e marcante, por ser estreante, o contacto com esta forma de arte. Assim, os testemunhos foram marcados pela surpresa sentida com a atuação dos atores e sua proximidade, bem como com a combinação da música, do texto, e das pedrinhas envolvidas em papel que eram cartas, como se fossem a prova da eficácia da estratégia das prisioneiras.
A oportunidade da reflexão e questionamento dos valores sociais e dos seus próprios valores e conceitos foi, desta vez, trazida pelo teatro. Afinal, o que é uma gaiola? Afinal, o que promove a prisão?

Esta foi uma iniciativa do Projeto Cultural de Escola, promovida pelo departamento de cultura da Câmara Municipal do Seixal.

 

Fóruns de Turma

 

 

Ler NOTÍCIA no blog ESA CIDADANIA

 

 

Menção honrosa para a Tamiris

A nossa aluna, Tamiris Teixeira, enquanto aluna do 9º D no ano letivo transato, foi distinguida com uma menção honrosa na 3ª edição do “Concurso Nacional de Desenho sobre o Transporte Ferroviário”, sob o tema “A minha viagem de comboio”, promovido pela Fundação Museu Nacional Ferroviário, Comboios de Portugal E.P.E. (CP), Infraestruturas de Portugal S. A. (IP), em parceria com a Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares (DGEstE).

O concurso destinou-se a estudantes do 3.º Ciclo de todos os estabelecimentos de ensino de Portugal Continental, Madeira e Açores e teve por objetivo promover o transporte e o património ferroviários junto dos mais novos.

Os desenhos premiados encontram-se expostos no Museu Nacional Ferroviário.

Os nossos parabéns à Tamiris!

 

Eleição Associação de Estudantes 2023/24

 

 Glória aos vencedores. Honra aos vencidos.

 

Escola Sem Bullying | Escola Sem Violência

 

A ESA foi galardoada com o selo "Escola sem Bullying, Escola Sem Violência", por ter promovido e implementado um Plano de Prevenção e Combate ao Bullying e ao Ciberbullying, assumindo práticas quotidianas de promoção da saúde e do bem-estar da comunidade educativa, pautadas pelos princípios da não violência, da inclusão e da não discriminação. Esta ação é recomendada e reconhecida pelo Ministério da Educação, através da Direção Geral de Educação.

 

WEBSITE PROJETO | LISTA ESCOLAS GALARDOADAS (vídeo)NOTÍCIA WEBSITE ED. PARA A CIDADANIA

...

 

 

No dia 20 de outubro do corrente ano, na escola Superior de Tecnologia do Barreiro, estivemos presentes para receber o selo “Escola sem Bullying, Escola sem Violência”, graças ao esforço conjunto da nossa comunidade educativa: alunos, professores e assistentes operacionais. Graças também às intervenções da Disciplina de Cidadania e Desenvolvimento, ao Projeto de Promoção e Educação para a Saúde e à Biblioteca Escolar, este selo revelou-se o símbolo do trabalho efetuado e da vontade para o continuar.

 

Horário da ESTUDOTECA

 

O que é a ESTUDOTECA? A resposta está AQUI!

Podes consultar o Horário da Estudoteca aqui no site, em: ALUNOS/Horário Estudoteca