Vídeo realizado pela professora de LGP, Sandra Marques, que tem como objetivo informar e alertar os jovens surdos e toda a comunidade surda para esta pandemia que estamos todos a viver.

De entre os trabalhos realizados pelos alunos do 7.º ano nas duas últimas semanas do 2.º período, este destaca-se pela grande criatividade no uso de recursos. Os alunos não tiveram tempo de levar para casa os materiais de Educação Visual, por isso sugeri que usassem o que tivessem disponível e que, se possível, fabricassem tintas com corantes alimentares ou com vegetais e farinha.

Foi proposto que, a partir da frase PARA UM MUNDO MELHOR, criassem um cartaz com mensagem significativa do que cada um entende importante para que o mundo seja melhor.

Este trabalho foi feito pelo Márcio Cravid, do 7.º B, que, com ajuda da mãe, fez as tintas com farinha e corantes, usou sobras de letras em madeira e pedacinhos de plasticina.

 

Trabalho sobre Igualdade de Género elaborado pela aluna Ana Pinto, da turma 10.º E, no âmbito da disciplina de Cidadania e Desenvolvimento.

No âmbito da disciplina de Cidadania e Desenvolvimento, três turmas da ESA participaram ativamente no debate promovido pela Câmara Municipal do Seixal, na tarde do passado dia 10 de março, sobre o tema «Igualdade de Género: Mitos e Verdades».

No edifício dos serviços centrais, os alunos foram recebidos pela vereadora Manuela Caiado, do pelouro da Cultura, Participação, Habitação, Juventude e Desenvolvimento Social e pelo 1.º Secretário da Assembleia Municipal, Américo Costa.

Após uma visita à exposição sobre o tema, os alunos dirigiram-se para o auditório, onde foi realizado o debate, moderado pela Prof.ª Dra. Dália Costa, do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (ISCSP), da Universidade de Lisboa.

Cada uma das turmas — 8.º A, da professora Albertina Morgado, 2.º TAI, da professora Guilhermina Abreu, e 11.º H, da professora Clarisse Sequeira — fez uma apresentação relativa à investigação que levou a cabo sobre a (des)igualdade de género. Nessas apresentações, os nossos alunos revelaram, para além de uma surpreendente maturidade, muito elogiada pela plateia, sólidos conhecimentos e uma relevante consciência da ligação entre conhecimentos e valores.

Após as três apresentações, seguiu-se um debate vivo com múltiplas e pertinentes intervenções sobre o tema.

Esta iniciativa contou ainda com a presença de representantes do MDM, da UMAR e da mestranda Yasmin Pereira, do ISCSP, que colaborou no trabalho de investigação desenvolvido por uma das turmas.

 

Realizou-se, durante a manhã do passado dia 10 de março, no auditório da nossa escola, uma palestra organizada pelas alunas da turma do 2.º ano do Curso Profissional de Técnicos de Apoio à Infância. Esta palestra teve como tema «A Violência contra a Mulher» e contou com a presença da psicóloga Dra. Cláudia Meira, da APAV. Foram múltiplas as perguntas colocadas pelos alunos à palestrante, que, de forma muito clara, prestou todos os esclarecimentos e forneceu múltiplas informações acerca dos comportamentos que deveremos adotar quando confrontados com situações de violência, como seja abuso sexual de crianças, assédio sexual, bullying, devassa da vida privada, difamação e injúria, discriminação racial ou étnica, ofensa à integridade física, stalking, violência doméstica, violência sexual e outras.

Da mulher ao homem, o número de vítimas de violência tem sido cada vez maior, o que exige de todos nós ações informadas e solidárias de combate ao comportamento violento. É precisamente neste contexto que a atividade de Voluntariado, na APAV, constitui um elemento fundamental, sem o qual esta associação não conseguiria prestar o apoio que, desde há 30 anos, tem desenvolvido. Esta vertente do exercício da Cidadania ficou bem salientado nesta palestra promovida pelas nossas alunas.

Nos passados dias 28 de Fevereiro e dia 3 de Março, decorreram duas sessões/palestras com ONG intituladas "O contributo das ONG para o desenvolvimento”, a convite dos professores Adolfo Torres e Michel Rombert ". É uma atividade do PAA do grupo de Geografia e teve como público alvo os alunos do 9.º ano. 

Tivemos como ONG convidadas a AMI, no dia 3 de Março, e a 100 violência e a The Big Hand, no dia 28 de Fevereiro. Estas associações divulgaram as suas ações e âmbito de intervenção e ajuda no sentido do contributo prestado para o desenvolvimento. 

ANO LETIVO 2021/22

OFERTA EDUCATIVA

Ensino Diurno e Noturno


 MATRÍCULAS


 PRÉ-INSCRIÇÕES

Visita Virtual à ESA

Centro Qualifica ESA

Ensino noturno

ESCOLA INTERCULTURAL

ESCOLA SAUDÁVEL

Scroll to top