PLANO NACIONAL DAS ARTES (PNA)

 

Homepage Facebook Instagram

 

O Plano Nacional das Artes é uma iniciativa das áreas governativas da Cultura e da Educação “tendo em vista a necessidade de organizar, promover e implementar, de forma articulada, a oferta cultural para a comunidade educativa e para todos os cidadãos”, de acordo com a Resolução de Conselho de Ministros nº 42/2019, de 21 de fevereiro.

No Eixo C do PNA tem lugar de destaque o programa Indisciplinar a Escola que propõe “a presença das artes nas escolas de forma diversificada, incluindo a sua utilização como recurso pedagógico, criativo e transversal na abordagem aos conteúdos das diferentes disciplinas”. Indisciplinar a Escola pressupõe uma abordagem transdisciplinar do ensino, aberto a diferentes perfis de aprendizagem, aproveitando o poder criativo e indisciplinador das artes.

O programa apresenta como primeiro propósito o reforço da identidade de cada escola “considerando o seu contexto territorial, social e cultural”. Propõe, em seguida, uma articulação entre “a escola, o currículo, os conteúdos, o território, a comunidade, o património e a cultura local”.

Indisciplinar a Escola pressupõe a preparação de um programa cultural de escola para a “fruição e produção cultural que integre a diversidade de manifestações e linguagens artísticas em formatos transdisciplinares”. A este programa dá-se o nome de “Projeto Cultural de Escola”.

 

PROJETO CULTURAL DE ESCOLA (PCE)

 

Ano Letivo 2021/22

Aprovadas em Conselho Pedagógico, as estratégias para o Projeto Cultural da ESA foram delineadas visando o conhecimento do nosso território educativo, do património natural e cultural, material e imaterial, das tradições, artistas e personalidades da nossa freguesia e do nosso concelho.

Da tradição cultural da freguesia e da Escola Secundária de Amora emergiram duas áreas particulares a desenvolver, a música e o teatro, uma vez que constituíram uma forte presença artística, quer no passado da nossa escola quer no nosso concelho.

A valorização da escola enquanto espaço de fruição cultural e artística é crucial para o reforço da identidade da ESA. O PCE constitui um programa interventivo baseado em experiências pedagógicas, o qual visa o reforço da identidade individual, bem como do perfil escolar e territorial, a partir não só do conhecimento do território de proximidade, mas também através da expressão livre de índole artística.

Assim, a linha-mestre do presente projeto assenta na revitalização artística da escola, a partir de atividades, realizadas pelos nossos alunos e toda a comunidade escolar, organizadas em parceria com instituições locais de diferente tipo de natureza e grau de grandeza, contribuindo para “fortalecer, imprimir coerência e relevância à relação Escola-Comunidade”.

A participação e envolvimento nas diferentes e diversificadas atividades programadas para o arranque do ano letivo (como constitui exemplo as visitas de estudo programadas para outubro e novembro – navegar no bote de fragata e conhecer a Fábrica da Pólvora, entre outras) é ponto de partida para muitas mais atividades, associadas às ideias e impressões retidas dessa experiência, intitulada “Sair para Entrar”.

“É fundamental articular essas saídas com conteúdos curriculares de diferentes disciplinas, mostrando o caráter transdisciplinar das artes e do património”.

 

Ano Letivo 2020/21 

O Projeto Cultural da ESA inicia-se num ano muito particular (2020/21).

Devido à situação pandémica, este é um ano de adaptação a uma realidade que nos condiciona a uma mobilidade muito reduzida e que condiciona todas as atividades conjuntas e presenciais, não só no exterior como dentro do espaço escolar.

Mas é também por isso uma oportunidade para refletir sobre as possibilidades e a importância de um projeto cultural na nossa escola.

É o ano apropriado para lançar as sementes, com vista ao reforço do papel das artes na escola – tentando, mais tarde, propiciar aos alunos vivências de diferentes expressões artísticas e, simultaneamente, tentar criar uma estratégia cultural da escola.

O nosso “Ano Zero”, o ano em que se implementam as estruturas básicas de funcionamento para o acesso e participação da ESA “na fruição das artes e da produção cultural” (PNA), ao mesmo tempo que se discute a temática do projeto cultural e as suas linhas de atuação no futuro próximo.

A esta fase inicial de sensibilização e divulgação de um projeto que se pretende mais vasto, incisivo e inclusivo, demos o nome “ConViver com a Arte”.

 

Visualizar/Descarregar o PROJETO CULTURAL DA ESA

 

Professora coordenadora do PCE: Rosa Botequilha | rosa.botequilha@esec-amora.pt

 

ANO LETIVO 2021/22

OFERTA EDUCATIVA

Ensino Diurno e Noturno


 MATRÍCULAS


 PRÉ-INSCRIÇÕES

Scroll to top