Mafalda Bravo Germano, atleta da Cidade de Amora e ex-aluna da ESA, atualmente estudante na Universidade de Coimbra, venceu a medalha de Prata de K2 200 metros e a medalha de Bronze em K4 200 metros, integrando a equipa Portuguesa, no Campeonato Mundial Universitário de Canoagem que teve lugar na Polónia, entre os dias 16 e 18 de setembro. Aqui ficam os nossos parabéns!

 

 

Dois anos depois, a tradição regressou à ESA, com o Arraial que simboliza o encerramento do ano letivo. A festa, que se pretende para toda a comunidade esiana, contou com ativos e aposentados, tal como com alguns daqueles que vieram para (re)encontrar amigos e colegas.

Já se sabe que sardinhas, febras e entremeada foram o prato principal! Este ano, com muitas mãozinhas a ajudar… Professores e funcionários uniram esforços para este retorno. Há, no entanto, um especial agradecimento para a Rosália Ganhão e para a Sandra Santos, as nossas esianas que tornaram, efetivamente, possível o sucesso da festa.

Foi tão bom que já nos deixa a pensar no ano que vem… Saúde e Boas Férias!

 

 

Esta terça-feira, dia 23 de novembro, as turmas do 12ºA, B e C foram "passear" a Lisboa. De manhã, visitámos o Museu de História Natural e Ciência, e, à tarde, deu-se a vez à Fundação Saramago (ou Casa dos Bicos).
Durante a nossa visita ao museu, pudemos ver e apreciar as diversas exposições que nos foram apresentadas no mesmo; exposições sobre minerais, ilustração científica, biologia, física e principalmente, matemática ou, mais concretamente, jogos tradicionais matemáticos. As exposições exibidas eram bastante interativas, o que cativou o interesse de todos nós alunos e nos permitiu divertir enquanto também aprendíamos coisas novas!
Quando as barrigas deram horas, fomos almoçar no Parque Eduardo VII e aproveitar para conviver, explorar os arredores e, claro, tirar fotos! As memórias são sempre importantes!
À tardinha, seguimos para a Fundação Saramago, onde ficámos a conhecer melhor a vida de José Saramago e as suas conquistas, enquanto um autor português intemporal. No final, pudemos experienciar um poema do mesmo, interpretado e recitado num vídeo muito comovente! Acho que ninguém esperava que a escrita de Saramago fosse tão impactante.
Toda esta experiência foi incrível! O ambiente durante a viagem de autocarro foi sempre animado e cheio de entusiasmo e, no final do dia, quando estávamos a regressar à nossa "humilde terrinha", ainda tivemos direito a ver as maravilhosas luzes de Natal lisboetas! Também ficámos a conhecer talentos perdidos na viagem de volta a casa, mas isso é história para outra altura!

Beatriz Direitinho - 12º A

ANO LETIVO 2022/23

OFERTA EDUCATIVA

Ensino Diurno e Noturno

 

CONCURSOS